Associado à UnaReg é pré-candidato a Deputado Federal pelo estado do Rio de Janeiro

UnaReg

UnaReg

[]

Nosso associado André dos Santos Fiuza é pré-candidato a Deputado Federal pelo estado do Rio de Janeiro. Confiram a seguir Uma entrevista na qual o André Fiuza expõe seus posicionamentos, especialmente, no que se refere às pautas dos servidores das agências reguladoras.

 _________________________________________________________________________________________________________

 

1 - Senhor André Fiuza, pode nos contar um pouco sua trajetória profissional e como servidor da ANS?

Tenho 42 anos de idade e estou no Serviço Público desde os 18 anos. Atuei por 8 anos na Secretaria da Saúde de Estado e saí de lá para assumir o cargo de Analista Administrativo na Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS, o qual ocupo até hoje. Na ANS já estive praticamente em todas as Diretorias, realizando atividades que muito me enobrece. Tenho orgulho ter sido Coordenador do Programa de Monitoramento da Garantia de Atendimento, na Diretoria de Fiscalização e depois lotado em uma Assessoria na Presidência da Agência, sendo este um dos programas de acompanhamento das ações das operadoras de maior visibilidade que a ANS já possuiu e está relacionado à garantia da cobertura assistencial dos beneficiários, a atendimento. Depois de uma alteração regimental que extinguiu a Assessoria, fui para a Diretoria de Gestão, onde ocupei o cargo de Gerente de Administração e Serviços de Infraestrutura, tendo como um grande resultado neste período a economia gerada em milhões de reais com a revisão e melhor gestão de contratos administrativos, conforme matéria publicada no sítio da ANS, link: http://www.ans.gov.br/aans/noticias-ans/sobre-a-ans/5041-ans-reduz-custos-visando-a-eficiencia-de-gastos-na-administracao-publica. São mais de 23 anos de inteira dedicação ao serviço público, e que ainda há muito a contribuir.

 

2 - Você se filiou, recentemente, ao MDB. Seu propósito é sair como candidato nas eleições de 2022? Qual cargo vai concorrer?

Sim, o MDB é um partido que congrega valores democráticos, esteve na vanguarda do restabelecimento da democracia brasileira e temos Ulisses Guimarães como grande símbolo desta luta. O MDB está no centro político democrático do Brasil. Quem me conhece sabe que sou uma pessoa do diálogo, da união, da construção de pontes e sempre disposto a dialogar com todos, dentro dos limites democráticos, claro. Diante disto, apresentei ao MDB a minha pretensão de concorrer e hoje sou pré-candidato da Deputado Federal pelo Estado do Rio de Janeiro.

 

3 - Sendo eleito, como você pretende representar os servidores das Agências Reguladoras Federais no seu mandato?

Sou servidor público federal e entendo que o fortalecimento da Regulação e dos Serviços Públicos tem como beneficiários diretos os cidadãos. Sob o falso argumento da eficiência, há um grave desmonte do serviço público em curso e que precisamos acompanhar de perto, nós servidores e toda a sociedade, que é a beneficiaria do nosso trabalho. Estou nas trincheiras desta luta há bastante tempo, fui dirigente da Associação dos Servidores e Trabalhadores da ANS, da minha querida ASSETANS, quando uma das lutas era impedir a reversão dos cargos técnicos em cargos de livre nomeação; participei também do movimento de greve em 2008 que resultou na recomposição salarial com ganhos importantes para a valorização das carreiras das Agências Reguladoras; e integrei uma Diretoria da ANER.

A luta por um serviço público de qualidade, com respeito às instituições e valorização dos servidores é perene, precisa ser constante, e acredito que uma representação verdadeira da carreira na Câmara dos Deputados é muito importante para ampliar a discussão e dar voz aos servidores públicos e em especial aos das Agências Reguladoras (Federal e Estadual). Recentemente fomos surpreendidos por uma proposta que pretende esvaziar o poder decisório das Agências Reguladoras, para que as decisões sejam validadas por instâncias políticas, ninguém tem falado muito sobre isso, mas é um movimento muito grave se for levado a diante. Os servidores das Agências desenvolvem atividades típicas de Estado e não do Governo da ocasião, de nenhum Governo. Se esta proposta passar, será a materialização do fim da Regulação, tão importante para atrair investimentos para o país e colocará em risco os cidadãos frente aos serviços oferecidos pelo mercado regulado.

 

4 - Na sua avaliação, por que é importante ter um representante da carreira com mandato no Legislativo?

A Câmara é a casa do povo e precisa ser composta por segmentos de toda a sociedade. A classe trabalhadora das Agências Reguladoras é um segmento importante no país e que atua em serviços essenciais para a sociedade brasileira (água, energia elétrica, transportes terrestres e aéreos, saúde, telefonia, petróleo e gás, entre outros) e precisa ser muito bem representada por seus pares.

A regulação ainda é uma matéria nova, há uma falta de compreensão muito grande sobre as atividades das Agências Reguladoras. Precisamos qualificar tecnicamente o debate sobre regulação setorial e o papel que as agências reguladoras exercem e aprender a transmitir estas informações de forma que os cidadãos possam se apropriar do impacto positivo que tem a regulação no seu dia a dia.

Quero permanecer com a postura de um verdadeiro guerreiro da regulação, da modernização do Estado brasileiro. Um verdadeiro representante dos servidores públicos, todos eles, municipais, estaduais e federais. Mas também quero representar Agências Reguladoras nos estados onde os serviços regulados são prestados, enfim, um agente público comprometido com o desenvolvimento do Brasil e de toda sociedade brasileira.

 

5 - Quais outras pautas você vai representar e defender dentro do Congresso Nacional?

O Legislativo tem uma agenda ampla e diversificada, o parlamentar precisa estar atento e contribuir para um ambiente favorável de investimento privado, além de buscar mais recursos públicos para investimentos diretos no estado, de forma a melhorar a vida da população fluminense. O Rio de Janeiro é maravilhoso, temos as belas praias do litoral Norte e litoral Sul, as montanhas, a região Serrana, toda essa natureza disponível para ter o turismo como potencializador da geração de emprego e renda não somente na Capital, mas em todo o estado. Porém, vem fracassando do ponto de vista político, o foco não tem sido as pessoas, a política do atraso prejudicou bastante o Estado e precisamos renovar nossos representantes para recuperar a força que o Rio de Janeiro tem em todos os segmentos. A capacidade produtiva da população aliada aos benefícios naturais que Deus trouxe para este belo estado brasileiro, podem ser capazes de assegurar emprego e renda. Porém, em outras áreas há muitas distorções, veja a questão da água, por exemplo: uma cidade da Baixada Fluminense como Nova Iguaçu, com mais de 800 mil habitantes, que tem instalada a ETA do Guandu, a maior do mundo e que funciona para levar água potável para mais de 80% da população do Rio de Janeiro, tem seus habitantes que convivem com a constante falta água em suas casas, para lavar roupas, tomar banho e até mesmo cozinhar, é obrigação de todo mundo que quer o bem do Rio olhar para isto. Saúde Pública é outra questão bastante crítica no país inteiro, mas bem acentuada no Rio de Janeiro. Vamos lembrar aqui que o Rio é o estado com o maior número de unidades federais de saúde instaladas, temos mais de dez unidades. Sabemos da complexidade que é o sistema de saúde, mas temos que discutir a questão da fila da regulação que, em que pese a perspectiva de organização do serviço, coloca o cidadão fluminense numa espera longa e muitas vezes não consegue atendimento, resultando no agravamento da doença. Esta demora imposta aos cidadãos, além de agravar as condições de saúde do povo, gera também aumento de custos do serviço. Se não pensarmos numa lógica mais eficiente e dinâmica, a fatura nunca vai fechar.

 

6 - Como as pessoas podem apoiar sua candidatura?

Estou aberto a toda ajuda possível, seja investindo na campanha quando for permitido, seja apoiando com ideias, seja divulgando nosso nome. Nessa pré-candidatura, tenho recebido bastante incentivos de pessoas conhecidas e próximas, de todo o Estado. Por questões legais ainda não é possível colocar a candidatura nas ruas, mas sei que o povo fluminense, cansado da situação que estamos, quer uma mudança e estou preparado para colaborar com ideias, ir em busca de mais recursos para a mudança que o povo do Estado do Rio precisa e beneficiar a população.

 

7 - Você também é associado da UnaReg. Para você, por que é importante ter esse apoio da Associação?

A UnaReg é importantíssima na discussão das pautas da Regulação. Além disso, diariamente a UnaReg recebe e trata diversas demandas que impactam individualmente e coletivamente na vida dos servidores de cada Agência Reguladora. A institucionalização destas demandas ajuda na solução dos problemas e tira o foco do servidor, evitando que ele passe por problemas de em sua Agência. Temos percebido um amadurecimento dos conselhos e diretorias das Agências Reguladoras, porque a aproximação que a UnaReg realiza é sempre propositiva, aberta a construir bons caminhos, e os novos gestores tem entendido isso e até atendendo a alguns dos nossos pleitos, como no caso da ANTT recentemente. O apoio da Associação é muito importante hoje, para reunir as questões que impactam na Regulação, na relação das Agências Reguladoras com seus servidores, mas esse apoio será essencial no pós, para o pleno exercício do mandato. Hoje não tenho espaço de diálogo no Sindicato, respeito a posição assumida atualmente, considero que a efetiva representação sindical também é muito importante para a carreira frente aos retrocessos, em que pese o esmaecimento da representação sindical nos últimos anos. Divididos, somos muito mais fracos.

 

8 - Por quais canais as pessoas podem acompanhar seu trabalho e conhecer melhor o pré-candidato André Fiuza?

Meu instagram é pessoal, não é fechado e continuará aberto. Lá conto pequenos detalhes sobre a minha vida pessoal, meu dia a dia com as minhas filhas Malu e Gabi. Quem quiser conhecer o cidadão, o amigo, o pai e o trabalhador Fiuza, esteja à vontade para seguir lá, é o @andre.sfiuza. Quanto às mídias sociais para a campanha, por questões da legislação eleitoral, ainda não foram divulgadas, temos que esperar a convenção partidária e os prazos das Resoluções do TSE, mas estamos preparando tudo para liberar na ocasião em que a legislação permitir. Como se diz na roça, não se deve “botar a carroça na frente dos bois” e não me importo que já possam existir candidatos fazendo isso, quero ser leal aos meus princípios e seguir o que a Lei manda, isso já será um bom ponto de partida.

__________________________________________________________________________________________________________

 

Se você é filiado à UnaReg e pretende concorrer a algum cargo nessas Eleições 2022, converse com a gente. Basta registrar uma solicitação na Central de Atendimento, que entraremos em contato.